O CAMINHO (ESQUECIDO)


 

O CAMINHO (ESQUECIDO)

"PARA QUE TODOS SEJAM UM"

Um dos versículos que mais perplexidade e interrogação causa, até porque dito como sendo, e não como uma intenção e o que Deus diz tem que se tornar real. Pois podemos imaginar que na história raramente se pode adivinhar como sido uma realidade e actualmente se verifica uma divisão como nunca antes. 

Veremos aqui que, hoje como nunca, COMO se pode chegar À UNIDADE.

"Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações. Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade. Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em casa e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava diariamente os que iam sendo salvos."

 

 

     

  •  A primeira é que não é  o discipulado praticados nas igrejas, igual ao dito pelas palavras de Jesus, ou seja,                    O VERDADEIRO DISCIPULADO DE CRISTO

                                                             (clique para ler acerca do discipulado cristão).

   

  •  A segunda razão é a falta de união dos crentes dentro delas e entre elas. E assim perdendo a  credibilidade e genuinidade que se encontra hoje.

 

 

362-images (5).png

AS PRINCIPAIS CAUSAS DAS DIVISÕES
EXISTENTES NAS IGREJAS

dentro delas e entre elas, e também o motivo a falta de recursos em muitos casos, deve-se essencialmente a duas (embora se possa considerar outras):

Os novos canais de comunicação, a existência de abundantes recursos e tecnologias modernas,   o acesso e   a sabedoria adquirida e partilhada atuais, são maior do que nunca. Tudo isso possibilita uma comunicação e partilha, não só de conhecimentos e experiencias adquiridas, mas também de possibilidades de  novas vivências assim como de partilha de recursos (características dos verdadeiros cristãos), que podem e devem ser exploradas.

As desculpas são cada vez menos justificáveis.

O conhecimento atingiu níveis nunca antes alcançados, assim como o seu desenvolvimento veloz e exponencial, especialmente a nível tecnológico, permitem novas perspetivas a aprofundamento cada vez maiores que possam vir a derrubar cada vez mais limites e barreiras que nunca nunca antes até agora poderiam ser, as compreender e a saber como fazer .

Apesar de cada vez menos se encontrar  a pratica genuína do evangelho e do cristianismo, independentemente dos motivos , a  contribuição e legado dos crentes e associado a essas novas possibilidades, potencializam como nunca, condições para essa prática possa acontecer se houver um verdadeiro empenho e união de todos nesse sentido

Os crentes sabem que vivemos no tempo do fim, aproxima-se a qualquer momento a grande tribulação, o grande avivamento, o arrebatamento e a volta de Jesus, por isso todo o tempo é importante e deve de ser aproveitado, pois vivemos provavelmente as ultimas oportunidades que se nos oferece.

Antes de vir a aflição e sofrimentos á humanidade que  ninguém poderá suportar, contudo,  nada comparado com a eternidade no tormento do fogo eterno.

386-images%20(29)_edited.jpg
375-images (18).png

Devido essencialmente aos crente não cumprirem essas condições de discipulado de Jesus por ele apresentado, e já raramente ser ensinado, leva a não haver unidade, porque não se tornam verdadeiros discípulos dEle,  mas apenas uma aproximação e adaptando o evangelho nos melhores dos casos, às suas realidades individuais .

A verdade é que as condições, nunca foram tão propícias para se praticar esse verdadeiro discipulado 

as condições que hoje temos podem facilitar como nunca, poder vir a cumprir com as condições do verdadeiro discipulado cristão como ele é pedido por Jesus, e que podem  conduzir à vida cristã, à sua vivência  em comunhão,   à obediência do evangelho e à desejada união em cristo. E ainda os meios e canais para praticar a misericórdia  e a solidariedade nunca foram tão acessíveis.

 

 

"Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros"

 O tempo é valioso. O tempo está a se esgotar. 

Somos chamados para ser verdadeiros discípulos de Jesus, para implementar o Reino de Deus na terra , darmos muito fruto, para andarmos em comunhão e vivermos em unidade. 

Uma nova consciência coletiva , um novo foco colectivo , uma nova união tem que ser formada para o grande avivamento final.

O PROJECTO

Aqui se irá levar a proporcionar o contexto e as plataformas necessárias que leve a um movimento que possa envolver todos, reunir sinergias, para elaborar um modelo, que possua o planeamento correto e o mais completo possível, para servir de suporte na formação de verdadeiras comunidades cristas, baseado apenas no discipulado definido por Jesus, independentemente da denominação crista, localização ou qualquer outro critério.

 

Com a intenção essencial de se tornar semelhantes às primeiras comunidades cristãs.

Pretender-se á conduzir os cristãos a formação de nucleos  cristãos baseados num modelo dinâmico a ser desenvolvido e actualizado para a formaçao de comunidades cristãs para a dissiminação do cristianismo puro baseado em todos os seus principios evangelicos, para conduzir ao  crescimento e expansão para levar a serem ungidos e activados pelo Espirito Santo e por todos que já trabalham nesses sentido para fazer crescer exponencialmente, o avivamento e levar Jesus a todos os povo​. De modo a que, qualquer grupo de cristãos que desejem iniciar uma, o possa reproduzir e replicar esse modelo, e que seja e se mantenha conectada e unida com as restantes existentes como uma só.

442-transfiguracao.png

Aqui se pretenderá desenvolver uma plataforma colaborativa entre todos os cristãos para encontrar os melhores meios assim como propor caminhos e encontrar soluções que vão a esse encontro.

 

Se aproveitará ainda também este meio para partilhar conhecimentos selecionados que possa ser uteis. Para além de poder vir a ser um meio de proporcionar um meio de encontro, participação entre todos e de partilha  de sinergias existentes entre os crentes.